Prédios com risco de desabamento são demolidos no bairro Pinheiro

Com risco iminente de desabamento, dois edifícios localizados na área afetada pela instabilidade de solo – provocado pela atividade de mineração, no bairro do Pinheiro, foram demolidos nesta terça-feira (5). A demolição atende recomendação da Defesa Civil de Maceió, uma vez que colocava em risco a população que transita pelo entorno, e foi realizada por uma empresa especializada contratada pela Braskem, através de Termo de Cooperação com o Município.

As demolições ocorreram nos edifícios Antares e Olímpia, localizados nas Ruas Augusto Vaz Filho e Cel. Aurélio Mousinho, no Pinheiro. De acordo com técnicos da Defesa Civil, as edificações sofriam com processo de colapso de estrutura em decorrência da instabilidade do solo provocada pela atividade de mineração.

Em agosto deste ano, a Defesa Civil de Maceió registrou desabamento parcial da estrutura dos edifícios e vem acompanhando o agravamento do risco em decorrência do alto grau de movimentação de solo na região. Para sanar o risco à população, o órgão municipal recomendou a demolição das unidades.

De acordo com a diretora da Defesa Civil de Maceió, Joana Borba, a demolição foi necessária para evitar novos desmoronamentos e trazer risco para a população. “Havíamos identificado o risco no prédio e por segurança a gente pediu a demolição preventiva, por precaução. Antecipamos esse processo, para que ele não causasse acidentes”, explicou Borba.

Ainda esta semana, está prevista a demolição de mais três residências localizadas na Rua Santo Antônio, também no bairro do Pinheiro. Estes imóveis também apresentam colapso de estrutura e precisam ser demolidos pois trazem risco à população.

Fonte: TNH1